Papa aos heróis da pandemia: o início de um milagre

“Não esqueçam que, com o trabalho de todos vocês, médicos, paramédicos, voluntários, sacerdotes, religiosos e leigos que fizeram isso, começaram um milagre”, disse o Papa Francisco a uma grande delegação do norte da Itália recebida em audiência no sábado (20), no Vaticano. E acrescentou que Deus vai ajudar para “que termine bem esse milagre que vocês começaram!”.

Um sinal de esperança é a marca deixada pelo Papa Francisco em cada uma das pessoas que participaram da audiência no Vaticano no último sábado (20). Uma grande delegação formada por profissionais da saúde e sacerdotes que vieram da área mais afetada pelo coronavírus na Itália, a região norte do país.

O milagre em meio à pandemia

Médicos e enfermeiros, em particular, descritos pelo Pontífice como “artesãos silenciosos da cultura da proximidade e da ternura”, se sentiram abraçados pelas palavras tanto de reconhecimento pelo “serviço árduo e até heroico” feito durante a pandemia como de encorajamento para seguir adiante. Ao final da audiência, o Papa motivou esses “anjos” a canalizar a energia positiva para produzir frutos no futuro:

“E não se esqueçam que, com o trabalho de vocês, de todos vocês, médicos, paramédicos, voluntários, sacerdotes, religiosos, leigos, que fizeram isso, começaram um milagre. Tenham fé e, como dizia aquele alfaiate, um teólogo já falecido: “eu nunca vi Deus começar um milagre sem terminá-lo bem”. [Manzoni, Promessi sposi, cap. 24°]. Que termine bem esse milagre que vocês começaram!” clique aqui para ler mais

Por: Vatican news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *